> RESUMO HISTÓRICO

A freguesia de Avidos pertence ao concelho de Vila Nova de Famalicão, ocupando uma área de 2,4 Km2. Faz fronteira com o vizinho concelho de Santo Tirso e confina com as freguesias de Lagoa, Cabeçudos, Landim, Ceide S. Miguel, Areias e Palmeira. O seu orago é São Martinho e festeja anualmente, no último fim-de-semana de Agosto, Santo Ovídio. Esta festividade atrai regularmente milhares de romeiros, devotos do Santo protector dos ouvidos.

Atravessam a freguesia dois cursos de água: o rio Pele e a ribeira de Gerém. Ambos os cursos de água estão a ser objecto de despoluição, integrado no programa de despoluição da bacia do rio Ave.

É uma pequena freguesia, cuja população se distribui principalmente pelos sectores primário e terciário (agricultura e comércio e serviços), durante muito tempo teve uma grande pujança na indústria têxtil, a qual tem vindo a ser substituída por pequenas indústrias emergentes (alumínios, fabrico de órgãos de tubos e outras) as quais absorvem grande parte da actividade laboral dos nossos cidadãos.

O saliente desenvolvimento e crescimento da Freguesia deve-se à sua situação geográfica estratégica e privilegiada: dista 5 Km de dois grandes centros urbanos (V. N. de Famalicão e Santo Tirso), está servida por rede de auto estradas que a liga ao resto do país e à Europa, está próxima de grandes áreas industriais e comerciais e possui infra-estruturas que proporcionam aos seus habitantes qualidade de vida apreciável.

A antiga freguesia de São Martinho de Avidos era denominada, no início do século XIII, no ano das Inquirições de D. Afonso II, por “Sancto Martino de Avidos”, mas nas Inquirições de 1258 já vem escrita como “Avidus” e curiosamente, em 1371 é mencionada a “Ecclesia Sancti Martini de Ouvidos in triennio XL sólidos, VI denários”, Avidos era uma Abadia de Concurso de Apresentação do Ordinário, no termo de Barcelos, e parte integrante do Julgado de Vermoim. Foi sua donatária a Sereníssima Casa de Bragança, uma vez que o Julgado de Vermoim fora doado ao filho de D. João, o Conde de Barcelos.

A freguesia possui Igreja Paroquial (do sec. XIX), a centenária capela do Bom Jesus de Penso e várias alminhas e cruzeiros. Recentemente foi construído um pequeno santuário em honra de Nossa Senhora de Fátima.

O local de maior interesse para o visitante é a zona da Igreja e toda a área envolvente, cuja intervenção recente lhe devolveu a importância e a dignidade de passados tempos. 

Em Avidos, não se encontram factos ou acontecimentos históricos de significativa relevância, ou, se os há, não estão infelizmente documentados. Fala-se no entanto, entre o povo, que por baixo do altar da Capela de São João, se acha uma coluna aberta por dentro sem que se saiba o que lá existe. E dizem, por isso, que antigamente um padre a quis examinar e que ao abri-la ficou cego.  

Anúncios
%d bloggers like this: