> LOCAIS DE INTERESSE

Página em actualização

A IGREJA

A Igreja Paroquial de Avidos, o lugar por excelência da freguesia, já existia na altura das inquirições de 1220.

Em finais do século XIX, sofreu algumas obras de beneficiação e em Agosto de 1891, estava concluído esse trabalho.

Já no século XX, nos anos 30, o conde de S. Bento mandou pintar o tecto da Igreja e construir um altar a Santo Ovídio (padroeiro) cuja festa em sua honra se realiza no último domingo de Agosto.

Em 1936, constituiu-se uma comissão composta por 4 ilustres, com o fim de se lavar a efeito a construção da torre da igreja. O sino foi pago por Abel Alves Figueiredo, industrial de Avidos.

Em 1993 e 1994, procedeu-se ao restauro da igreja, obra essa feita à custa dos habitantes da aldeia, sendo seu pároco Joaquim da Silva Freitas.

CEMITÉRIO

Até 1835, os enterros eram feitos nas igrejas, reservando-se nesta paróquia para os sacerdotes a capela-mor e para o outro povo cristão o corpo da igreja ou o adro.

O primeiro cemitério existente na freguesia, ficava mesmo junto ao adro, cuja primeira notícia nos surge em acta da junta de freguesia de 21 de Outubro de 1883.

Em 1966, iniciaram-se as obras de alargamento para poente desse cemitério.

O cemitério actual fica próximo da igreja, mas numa zona fora do seu perímetro, tendo sido inaugurado em 30 de Junho de 1991.

AS CAPELAS

As capelas existentes na freguesia são as seguintes:

Capela BJPensoCapela de Bom Jesus – na rua de Bom Jesus de Penso, fundada por António Gonçalves e sua mulher Maria Antónia. Um pequeno espaço em granito, com uma imagem de destaque do Bom Jesus, que actualmente se festeja no primeiro domingo de Maio. Data de 1681 a sua existência.

Cap S. JoãoCapela de S. João Batista – escultura barroca, actualmente pertença da família Sousa Fernandes, onde se celebra missa a 24 de Junho. O primeiro documento que fala sobre esta capela, data de 1758.

Capela de S. José – de arquitectura de execução cuidada, onde se destaca a cantaria. No litel da porta principal encontra-se gravada a data de 1792. Situa-se do lado direito da fachada principal da Quinta de Penso, pertencente aos proprietários da Quinta, comunica com a via pública.

Cap Qta PensoCapela da Quinta de Penso – encontra-se na casa de habitação da mesma quinta. Tem pavimento em madeira e um silhar em azulejo moderno. O altar, em talha renascença, apresenta-se revestido a folha de ouro.

AS ALMINHAS

Existem duas junto ao cruzamento da estrada nacional 204 com a estrada nacional 204-5, e traçam o arreigado carácter religioso da sua população.

Alm Sra CarmoAs primeiras, de 1898, estão embutidas no exterior da casa de Mário Pereira Sampaio. O nicho é em granito e a cruz cimeira trilobada. Em lugar de relevo, está Nossa Senhora do Carmo.

alminhasBem perto, na Casa Carvalho, vemos outro nicho, que no interior apresenta um painel em azulejo, com a figura de Santa Filomena.

NichoNo lado direito da avenida de acesso à Igreja Paroquial, foi construído e inaugurado em 2004, um nicho a Nossa Senhora de Fátima.

 

OS CRUZEIROS

Reflectem também a religiosidade do povo minhoto. Em Avidos, há quatro que a seguir se descrevem:

Cruz. TorresAgora em local aprazível, no início da Rua Manuel Correia Marques, este era o cruzeiro que existia no cemitério antigo, demolido em 2002. Feito de granito e constituído por uma cruz sobre um pedestal. A data nele inscrita, coloca-nos algumas dúvidas, 1880 ou 1885?

Cruz. CemitérioNa rua Pe. José Mendes de Carvalho, a poucos metros do cemitério actual, encontramos este cruzeiro de expressão simples. O material usado e sendo dotado de grande simplicidade, é porém dotado de carácter e harmonia.

O mais imponente dos cruzeiros, é o que está situado junto à entrada da Quinta de Penso.

Cruz. PensoTodo ele em granito de grão médio, com execução cuidada. Pelas variadas características que apresenta deveria ser proposto, como valor concelhio e assim inventariado, preservado e protegido.

O cruzeiro, antes localizado junto à capela do Bom Jesus, foi mudado por volta de 1975, para o actual local, devido ao alargamento da rua de acesso à quinta de Penso.

No lado direito da avenida de acesso à Igreja, foi colocado um cruzeiro novo assente numa plataforma de dois degraus rectos e lisos

PARQUE DE LAZER

SAM_0162Inaugurado em 30 de Julho de 2011, é uma obra de grande valia social. Dotado este espaço de mesas (20) e bancos em pedra para piqueniques, quatro grelhadores, pontes e lavagem de louça e abastecimento de água, com um bar de apoio e um grande espaço coberto para a eventualidade de mau tempo. Localizado a cerca de 200 metros da Estrada Nacional 204-5 com bons acessos e locais de estacionamento, tem uma “pista” com  cerca de 500 metros de extensão, para se realizarem caminhadas.SAM_0164

As suas árvores projetam sombra em quase todo o espaço e ainda tem parque infantil onde as crianças se podem divertir em segurança.

SALÃO POLIVALENTE

Este é um espaço destinado às atividades culturais a promover quer pela autarquia, quer pelas SAM_0167 inúmeras associações da freguesia. Espaço amplo, com cerca de 350 lugares sentados. Com uma construção e arquiteturas recentes, está dotado de tudo o que de qualidade se pode esperar, em termos de acústica e instalação áudio. Foi inaugurado no dia 06/07/2013, com a presença do Sr. Presidente da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão, vários vereadores, membros da Junta de freguesia e da Assembleia de freguesia e muitos avidenses.

AS QUINTAS

Existiram em Avidos várias quintas: de Penso, das Devesas, de Serufe, dos Reis, do Passal, do Ribeiro, da Ribeira, da Laje, de Castelãos, dos Pereiras, do Forno, das Casas Novas, de Prazins, dos Moínhos, dos Carvalhos, dos Paulinhos e da Corredoura. Algumas foram já desintegradas, por motivos de obras ou outras razões, como são os casos por exemplo das quintas dos Reis e do Passal.

Qt PensoReferenciando algumas das quintas mais antigas, em 3 de Novembro de 1820, faleceu a D. Quitéria Maria Bastos, mulher de José Correia Faria, primeiros proprietários da quinta de Penso, sendo esta a primeira indicação que temos dessa quinta.

Qt Serufe

No portão da Quinta de Serufe, estão marcadas as letras “1914 JC AMARO”, que indicam a data de aquisição da mesma por António Joaquim Correia Amaro, casado com Maria do Céu Lima C. Moreira.

Qt DevesasJá existente na primeira metade do século XVIII, surge a Quinta das Devesas, sendo seus proprietários Francisco José dos Santos A. Sampaio e Clementina Rosa, casados em Avidos a 8 de Fevereiro de 1836.

Anúncios
%d bloggers like this: